MÚSICAS INESQUECÍVEIS

sábado, 18 de dezembro de 2010

CASO ROSWELL E A VERDADE ENCOBERTA

"William “Mack” Brazel, gerente de um enorme rancho, escutou um barulho muito alto no meio da noite. Não parecia soar como um trovão, então no dia seguinte ele percorreu seu rancho para ver se os raios haviam feito algum estrago e para checar suas ovelhas. O que ele encontrou foi uma profunda “fenda” na terra, como se algo grande tivesse se chocado e arrastado por mais de 1200 metros espalhando pelo local destroços muito estranhos".

Semanas antes do acidente, diversos moradores do local haviam reportado estranhos “discos voadores” zigue-zagueando pelos céus do Novo México, o xerife optou por notificar a Base da Força Aérea de Roswell.

Foi no dia 8 de julho de 1947, em Roswell (Novo México, Estados Unidos) que o jornal Roswell Daily Record publicou em primeira página a notícia de que o 509º Grupo de Bombardeiros da então Força Aérea do Exército dos EUA havia tomado posse dos destroços de um disco voador.

Em 7 de julho de 1947 Brazel dirigiu-se até delegacia do xerife George Wilcox, no condado de Chavez, informando-o de que teria talvez encontrado os restos de um disco voador. O xerife telefonou para a base aérea de Roswell, que enviou o Major Jesse Marcel, do 509º Grupo de Bombardeiros, juntamente com o Capitão Sheridan Cavitt, para analisarem os destroços.

A notícia causou rebuliço na cidade, mas já no dia seguinte o jornal desmentia a história: A notícia sobre os discos voadores perde o interesse. O disco do Novo México é apenas um balão meteorológico.
Tão rápido quanto surgira, a história foi retratada pela mesma fonte oficial que dera a informação inicial, o tenente Walter Haut. Tudo não passava de um engano embaraçoso, admitiu ele. O local do acidente foi selado e Brazel foi mantido sob prisão domiciliar durante uma semana. Lhe foi comunicado para não comentar com ninguém sobre o que ele viu.

O governo dos EUA manteve essa versão até 1995. Quando foi anunciado que a história do balão meteorológico foi fabricada para cobrir o Projeto Mogul, projeto ultra-secreto envolvendo duas dúzias de balões de neoprene (borracha sintética) para atingir altas altitudes, esses balões seriam desenvolvidos para detectar explosões nucleares da Rússia.
OUTRA HISTÓRIA:
Milton Sprouse, um ex-piloto e reformado da USAF lembra claramente que num dia de verão de 1947 voltava após   três dias de treino na Flórida com o seu B-29, à base aérea de Roswell. Seus amigos de base lhe relataram que um OVNI tinha caído no deserto de Novo México (EUA), numa fazenda a 120 Kms da base.

De acordo com as informações fornecidas por Sprouse, cinco soldados da sua equipa foram chamados para o local da queda para recolherem os destroços do óvni e colocarem-nos dentro de um caminhão. Sprouse recebeu ordens para ficar pronto a utilizar o B-29 caso os militares precisassem.

Entre os materiais descobertos havia uma folha metálica maleável que poderia tornar-se lisa e reta depois de amassada no forma de uma esfera. Pode ser verdadeiro ou mentira, mas uma das mais intrigantes peças deste quebra-cabeça foram os relatos dos cinco pequenos corpos verdes recolhidos com o OVNI. Sprouse acredita nisso. O Sargento foi chamado ao hospital logo após a queda, disse:
http://3.bp.blogspot.com/_LaWFyeJUoQc/TCaDQavZ3NI/AAAAAAAAAA4/1n8I_7ssyBk/s1600/1roswell-alien.jpg
"Ele, dois médicos e duas enfermeiras foram para sala de emergência, e depois os militares trouxeram-lhe um dos cinco corpos dos humanóides que os militares recolheram", ele disse: "Os militares disseram que queriam aquele corpo autopsiado e queriam um relatório completo como seria o funcionamento daquele corpo. No dia seguinte, o sargento foi transferido da base ... Mais tarde eu ouvi que ambos os médicos e enfermeiras foram enviados para locais diferentes e ninguém mais soube dizer para onde eles foram".

Seriam cerca de 500 soldados foram enviados ao local da queda e foram alinhados ombro a ombro e instruídos para recolher todos os fragmentos da fazenda, ele disse. "Eles alinharam-nos todos e depois disseram, ‘Nós queremos que vocês percorram todo terreno desta propriedade até darmos ordens para parar, e queremos que vocês, tragam tudo que não for natural", afirmou Sprouse.

Todos os soldados que fizeram parte das operações de salvamento são levados em grupos a pequenos quartos para um corretivo mental, onde um oficial explica: "...isto foi uma questão de segurança nacional e está sob o mais severo sigilo. Não falem a ninguém sobre o que aconteceu. Esqueçam tudo o que viram".

Depois de vários dias em custódia, o rancheiro Mac Brazel é liberado pelo exército. Embora sendo uma pessoa pobre antes do incidente, ele retornou com uma caminhonete e dinheiro suficiente para comprar uma casa e uma fornecedora de gelo. O General Vanderberg, ordena que todas as cópias e dados referentes ao caso Roswell sejam destruídas.
www.acasicos.com.br/html/roswell.htm
pt.wikipedia.org/wiki/Caso_Roswell
www.cubbrasil.net/index.php?option...

Nenhum comentário:

Postar um comentário